Toda a bancada paraense no Congresso (Câmara e Senado), de Lira Maia (DEM) à novata Ann Pontes (PMDB), votou a favor do reajuste salarial dos parlamentares para R$ 26,7 mil.

A única exceção foi o senador José Nery, do PSOL.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Em coro

  • Reajuste vergonhoso. Espero que em 2011 os trabalhadores brasileiros dêem a devida resposta, ou seja, todas as categorias fazendo greve para receber o mesmo reajuste. Espero ver o país paralisado em protesto. Nossos representantes, na sua grande maioria, são uns filhos da….

  • E a farra com o dinheiro público continua de maneira desavergonhada e imoral. O Congesso Nacional para nós esta longe daqui, longe da decência, longe da honestidade, da ética, do respeito, do decoro, longe da realidade… Em fim muito muitíssimo longe do povo!
    Penso que este ato seja a primeira traição dos Deputados e Senadores paraenses com a população do estado! Vém mais… Muito mais!

  • Sinceramente ! alguem esperava que eles fizessem o contrario ?
    Porque o espanto ?

  • Aos leitores do blog: alguém aí recebeu aumento de 62% em seus vencimentos? Levaram meses discutindo sobre o aumento de míseros R$ 30,00 no salário mínimo e, com velocidade espantosa, aprovaram no Congresso e Senado o aumento dos “nobres” deputados e senadores. Para presidente, até concordo… Lamentavel essa atitude egoísta, e mais ainda a nossa pseudo-democracia. Compartilho da opinião do Anderson Dezincourt: tomara que o país se encha de greves no próximo ano. Em países realmente democráticos, por muito menos ondas de protesto já estariam se alastrando pelo país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *