Chega amanhã às bancas – e no site da revista hoje, a partir das 24h -, a edição em que a semanal IstoÉ escancara as nomeações do tipo sangue-do-meu-sangue do governo Simão Jatene II com desembargadores e parlamentares da base aliada.

Na reportagem, algo em torno de 10 membros da mais alta Corte do Judiciário paraense são denunciados como integrantes de um suposto esquema de troca de favores.

Leia também:
Isto é Jatene II.
Maia coloca irmã para dirigir Educação.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

19 Comentários em: IstoÉ denuncia Jatene II

  • Fala sério! Já começou…Putz! 🙂

  • Vão provar do próprio veneno. E olha que não estamos em ano eleitoral.

  • não vem reclamar para mim eu não votei em carecas….jatene…jatene já

  • Infelizmente muitos parenses tem memória fraca. É só darem uma pesquisadinha e vão ver o monte de denúncias que envolviam ou ainda envolvem esse senhor e outros chegados a eles em passado ainda recente. No entanto, justiça por aqui é coisa de ficção científica, se existe, é apenas para poucos. Queriam atraso para o Pará esta aí. Quem votou nessa turma, pode se deliciar a vontade com o mico eleitoral de seu voto.

    Mudando de assunto: Sim, e a Ufopa? Já está em que chamada para os calouros?

  • JESO, AGORA VC VAI TER QUE TRABALHAR, CHEGA DE FICAR GANHANDO SÓ PARA PUXAR SACO DE GOVERNO. ACABOU A MAMATA DE 5ª URE!!!

    • Ivaildo, só pra de deixar mais irritado: meu patrão não é Ana Júlia, não é o Jatene, nem o Maia. Sou concursado. Mais de 20 anos de estrada. rsrsrsrsr Cuida da tua saúde, ok??

  • São ilações de uma minoria da imprensa marrom com resquício golpista. Um contra golpe, daqueles impregnados de alto grau cinismo, que tenta a todo custo igualar por baixo as ações do atual governo com o da antecessora.
    Afora os critérios técnicos dos atuais ocupantes do executivo estadual, que por si só já nos deixa seguro que certamente boas ações em prol da coletividade virão. Os fatos demonstram que o atual governo de longe, mais muito longe mesmo, dissocia-se do antecessor, principalmente no critério da legalidade, transparência e responsabilidade no trato da coisa pública.
    Portanto, nada neste momento desestabilizará a gestão dos atuais dirigentes na condução de nosso Estado rumo ao desenvolvimento sustentável.

    • Ilações? Imprensa marron?? Não me faça rir, caro Oculista. De repente, bastou uma troca de governo, para que você começasse a ter problemas de miopia. Pelo andar dos acontecimentos, creio que seu problema haverá de piorar.

    • Sr. oculista o Vossa Senhoria é desse planeta? Se formos comparar em bases reais, a excelente Governadora ana Júlia com isso que está aí o senhor mudará de opinião rapidamente se tiver discernimento.

  • https://analisedeconjuntura.blogspot.com/

    JATENE: Conselheiro do CNJ aluga casa ao Governo do Pará. Transação já rendeu a Milton Nobre pelo menos R$ 375 mil em cinco anos. Filho dele trabalha na Prefeitura de Belém.

    No Blog da Perereca

    Em 07 de janeiro deste ano, o Diário Oficial do Estado publicou um estranho aditivo, o décimo, ao contrato “2006-017” da Secretaria Estadual de Administração (Sead).
    A publicação só mencionava o valor do aditamento: mais de R$ 22 mil, para uma vigência de três meses (de 1 de janeiro a 31 de março). Nada dizia, porém, acerca do objeto contratual.
    O que mais chamava a atenção, no entanto, era o ilustre contratado: o desembargador Milton Augusto de Brito Nobre, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Pará e integrante do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o órgão de controle da Magistratura brasileira.
    O contrato 17/2006 já rendeu a Milton Nobre pelo menos R$ 375 mil, nos últimos cinco anos: trata-se do aluguel de uma casa onde funciona a Diretoria de Gestão do Patrimônio do Estado, na travessa Apinagés, 270, entre Tamoios e Mundurucus, no centro de Belém.
    Segundo apurou o blog, o valor original do contrato era de R$ 75.600,00, mas hoje gira em torno de R$ 7.500 por mês – ou quase R$ 90.000,00 anuais, o equivalente a um bom carro zerado.
    Em 2006, quem governava o Pará era o tucano Simão Jatene, hoje pela segunda vez à frente do Executivo. Milton Nobre era, então, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado.
    Por coincidência, também em 2006 um dos filhos do desembargador acabou nomeado subprocurador cível da Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos (Semaj), da Prefeitura de Belém.
    Marcelo Augusto Teixeira de Brito Nobre teria sido aprovado em 25 lugar, em concurso realizado pela Prefeitura em 2004.
    A Perereca, no entanto, só conseguiu localizar a nomeação dele para o cargo, mas não a homologação do resultado do concurso, que teria sido publicada no Diário Oficial do Município em 21 de dezembro de 2004, ano cuja consulta não está disponível via internet.
    Abaixo você confere os documentos acerca do contrato de aluguel da casa de Milton Nobre

    Casarão antigo em área nobre

    A casa que o desembargador Milton Nobre aluga ao Governo fica em área bastante valorizada de Belém, mas não é muito grande: teria, no máximo, 10 metros de frente por 10 metros de fundo, um salão, duas salas menores e um banheiro, além de uma cozinha que funciona no porão.
    Há uns anos, quando foi alugada à Sead, teria passado por uma grande reforma, custeada, possivelmente, pelo dono do imóvel, já que ainda se encontrava com a placa de “aluga-se” – conta uma vizinha.
    No quarteirão, diz ela também, uma casa talvez maior foi alugada, há uns quatro meses, por R$ 3 mil, mas era para fins residenciais.
    Na internet, há imóveis comerciais mais caros, mas também mais baratos, dependendo do tamanho e localização.
    Há desde uma casa com três pavimentos, quatro suítes, sacada, bancadas em granito, blindex, fachada pastilhada e garagem para dois carros, por R$ 2.200,00, na travessa Piedade, no centro de Belém; até uma casa com cinco salas, banheiros masculino e feminino, depósito e garagem para 23 carros, por R$ 16 mil, na Generalíssimo Deodoro, no bairro da Cremação.
    Há, ainda, uma casa na Tupinambás, entre Mundurucus e Tamoios, perto da praça Batista Campos, por R$ 10 mil “negociáveis”.
    Mas ela tem quatro quartos, sendo uma suíte, escritório com gabinete, três salas, copa e cozinha, lavanderia, piscina pequena, churrasqueira, quintal, recepção e caixa d’água, em 600 metros quadrados de área total.
    Veja as fotos da casa que Milton Nobre aluga ao Governo: https://pererecadavizinha.blogspot.com/

  • Jeso, amanhã em Belém, em Santarém e nos demais municípios que há a distribuição da revista isto é, os apadrinhados e os seguidores do Jatene comprarão todos os exemplares desta revista para que o povo não leia as mazelas que o JATENE fez em apenas dois meses e onze dias de governo. ´
    Esse mesmo Jatene há alguns meses, disse que iria tirar o Pará do atraso. Realmente tirou o atraso.
    Mas o atraso das nomeações de seus apadrinhados, da prática do nepotismo, da compra da imprensa para que não fale nada, etc, etc. etc.
    Pois é: e agora Alexandre Von, Lira Maia e Helenilson Pontes? Qual é a justificativa?
    Em 2012 esta mesma turma vai dizer que nada ocorreu. Tudo foi criação da mídia marron.
    Então Povo de Santarém ainda vai cair no conto da sereia?
    2012 está próximo?

  • jeso, já começou??????????????? Imagine o fim………………………..

  • Eu gostaria de saber qual a novidade???????? É um mau habito adimito, mais isso é mais dq comum na politica brasileira, seja qual for a sigla e cor do partido… e na minha humilde opinião o PT vai bem mais longe quando o assunto é esse. Não deveria ser mais essa materia é tão banal em se tratando do meio politico que desconfio que seja plantada pelo PIP com o intuito de gerar desconforto.

  • Um grande C*!

  • Jeso,

    O Carnaval ainda está em tempo, vamos formar um bloco e cantar….

    ” E vai rolar a festa, vai rolar, o bode velho mandou contratar”.

    Atenção memória paraense, voltar ao passado do Jatene I.

    Leno, Socorrooooooooooo!

    Telma

  • Isso tudo que esta acontecendo em apenas dois meses e 12 dias é muita coisa que o Barba Azul esta fazendo que grandes mudanças acho que o Maia, Alexandre Von, HP e Outros poderiam nos dá explicações: Quem não sabia que o Jatene já tinha governado o Pará, que mudança o povo queria???? que isso sirva de exemplo para o ano de 2012 os aliados dele também já governaram Santarém que para quem esta esquecido vou dizer quem são: o Deputado Federal Lira Maia muito conhecido na Justiça e o seu amigo do peito também deputado Estadual Alexandre Von que ate hoje acho que nunca teve a carteira profissional assinada por alguma empresa como funcionário (ou trabalhador) que vive só de politicagem, digo isso porque não conheço sua profissão a não ser que seja essa a sua profissão. Eu quero uma mudança verdadeira para Santarém, nem Maia, nem VON, nem, Martins e seus companheiros.

  • Pobre do nosso Pará. Só uma revolução para acabar com essas nomeações apadrinhadas. Quem topa lutar, reclamar, gritar ????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *