Ex-diretor do Detran em Santarém volta a ser preso acusado de ameaçar testemunhas, Claudiomar de Oliveira Furtado
Mazinho dirigiu o Detran de 2015 a 2017

Ex-diretor do Detran em Santarém, Claudiomar de Oliveira Furtado, o Mazinho, voltou a ser preso nesta terça-feira em Santarém acusado de ameaçar testemunhas.

Mazinho cumpria medidas cautelares diversas de prisão no âmbito da operação Bincagem Fantasma, deflagrada em junho deste ano pela Polícia Civil do Pará.

Na ocasião, ele foi preso por ordem do juiz Alexandre Rizzi, da 1ª Vara Criminal de Santarém.

A prisão preventiva foi revogada 15 dias depois pelo magistrado, sob o argumento que o acusado não mais representava risco para ordem publica.

Leia também sobre o caso: 
Os 2 setores do Detran que são os maiores focos de corrupção, segundo a polícia

Indicado pelo vereador Ney Santana (PSDB) – de quem é parente – para a direção do Detran, Mazinho dirigiu o órgão de abril de 2015 a janeiro de 2017.

A nova ordem de prisão, também decidida pelo juiz Alexandre Rizzi, foi cumprida hoje pelo delegado Germano do Vale, da 16ª Seccional de Polícia Civil do Pará em Santarém.

decisão mazinho
  • 139
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Ex-diretor do Detran em Santarém volta a ser preso por ameaçar testemunhas

  • Esse é o grande mal do país, entregar órgãos públicos para serem saqueados por políticos. Parabéns ao glorioso MP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *