Soldados, cabos e sargentos da PM (Polícia Militar) estão abarrotando a Justiça em Santarém, mais especificamente a 8ª Vara Cível, com um tipo de ação cujo alvo são os cofres públicos do Pará.

Algo em torno de 400 ações já foram ajuizadas nas últimas semanas.

Leia mais:
Do 3º BPM para o CPR-I.
Mudança de comando: 3º BPM e CPR-I.

Os militares cobram do governo o pagamento do adicional de interiorização, retroativo à data em que benefício foi oficializado.

E querem mais: incorporação definitiva deste adicional ao soldo (salário) que eles recebem da PM.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: PMs vão à Justiça por adicional

  • Eita justiça lenta. Os PMs estão nessa briga desde 2008, e nada do pessoal da justiça trabalhar para dar uma resposta aos policiais.

  • Não era o Jatene que ía pagar a PEC 300? Ele agora até mandou retirar da Assembléia Legislativa projeto da ana Júlia que dava gratificação aos policiais. HUAHUAHUAHUA… VOTARAM AGORA AGUENTEM!!!!

  • Lembro muitas vezes da policia militar unida em torno da candidatura de Jatene. Sabemos que faltou muito para Ana Júlia, mas muitas melhorias aconteceram na PM nos últimos quatro anos( sei porque sinto na pele isso). Agora parece navalhada na pele. Quer gratidão??? vai pedir à um rato….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *