teló

Michel Teló estava em Marabá

Na Folha de S. Paulo

Um homem foi preso nesta quinta-feira (27) acusado de furtar um relógio da marca Rolex que o cantor Michel Teló esquecera em um hotel de Marabá, no sudeste do Pará.

A Polícia Civil avaliou o relógio em aproximadamente R$ 30 mil e disse já tê-lo enviado de volta à assessoria do cantor.

Teló havia feito um show na terça-feira (24) em Rondon do Pará, a 130 quilômetros de Marabá. Na manhã de quinta (27) o hotel Itacaiúnas, em Marabá, entrou em contato com a Polícia Civil relatando o sumiço do objeto.

Uma equipe de agentes foi ao local e identificou um funcionário da lavanderia do hotel como o autor do crime. O homem, segundo a polícia, encontrou o relógio perdido em meio à roupa de cama utilizada pelo cantor e o subtraiu.

“O relógio foi encontrado na casa dele, escondido dentro de uma mala. Ele recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante por furto qualificado”, informou o delegado Thiago Rodrigues. O delegado afirmou que depois de descobrir o nome do empregado, a polícia esperou para ver se ele se apresentaria espontaneamente, o que não aconteceu.

Leia mais em Rolex de R$ 30 mil de Michel Teló é furtado em hotel no Pará.

Leia também:
Presos vivem situação kafkaniana em Óbidos.
40% dos presos de Cucurunã estão na sala de aula.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

6 Comentários em: Rolex de Michel Teló é furtado no Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Rafael disse:

    É muita idiotice, barrismo ou total falta de conhecimento, dizer que essas coisas só acontecem no Pará.

  • jorge moraes disse:

    idiota !!!!! vai ver que tú estavas desempregado e fudido e mal pago no maranhão goiá ou ceará e viestes para marabá arruma tua vida e ainda copes no prato que comes infeliz !!!!! o fato de termos infelizmente politicos sfados e corruptos não justifica o teu comentario que leva a induzir que todo parense é safado !!! vai ver que o empregado do hotel que cometeu o delito dedve ser oriundo da tua terra natal o que não quer dizer que todo migrante que vempara o pará é bandido !!! mas as estatisticas mostrm que a maioria dos delitos cometidos no sul do pará são feitos quase na sua totalidade pr forrasteiros e muito pouco pels nativos !!!!

  • Leitor crítico disse:

    Puxa, que notícia importante! Mudou a minha vida. Agora sempre que eu for ao Pará eu não vou levar o meu Rolex. Diz que só tem ladrão aí. Foi o que me disseram em Manaus.

  • Sergio Ramos disse:

    E isso que dá , quer aprecer poderia usar um relógio de 500 reais…. Mas sai no mijo, como esta em alta deve ta cobrando os olhos da cara por um show .

  • "Santa Mocoronga" disse:

    Se fosse só no Pará q/ tivesse coisa ruim era bom pq explodia tudo e pronto, problema solucionado!!
    Mas contudo porém todavia…..essa caracteristica é geral sendo mais intensa justamente na capital federal brasileira. LA SIM, TA A NATA .

  • onestino disse:

    TERRA DO JADER,LIRA,ERA PARA ELE TER SE PREVENIDO!KKKKKKKKKKKK