Publicado em por em Política

Os 18 militares do Corpo de Bombeiros do Pará que, no apagar das luzes do governo Ana Júlia Carepa (2007-2010), foram promovidos a 2º tenente perderam a patente por determinação do governador Simão Jatene. Decreto neste sentido foi oficializado na semana passada (dia 10). No Leia Mais, abaixo, a lista dos 18. Leia também: Jatene planeja […]

Logo dos bombeirosOs 18 militares do Corpo de Bombeiros do Pará que, no apagar das luzes do governo Ana Júlia Carepa (2007-2010), foram promovidos a 2º tenente perderam a patente por determinação do governador Simão Jatene.

Decreto neste sentido foi oficializado na semana passada (dia 10).

No Leia Mais, abaixo, a lista dos 18.

Leia também:
Jatene planeja PCCR para servidores da Saúde.
Oficial do Exército se suicida dentro do quartel.

A ex-governadora paraense realizou a promoção dos militares (critério de merecimento intelectual) por determinação judicial. A PGE (Procuradoria Geral do Estado), no entanto, detectou vícios no ato e pediu a revogação de todas as promoções.

O pedido foi acatado por Jatene.

Quem perdeu a patente
Subtenente BM JOSIMAR RODRIGUES FARIAS.
Subtenente BM JOAQUIM DOS SANTOS FREITAS NETO
Subtenente BM LEOMAR LAMIR SERRA ALMEIDA
Subtenente BM WALTER SANDRO MEDEIROS LOPES
Subtenente BM VALTER OLIVEIRA SANTOS
Subtenente BM OZIEL DO CARMO MELO
1º Sargento BM REGINALDO BERNARDES PACHECO
Subtenente BM ANTONIO CARLOS GOMES TAVARES
Subtenente BM MARCIO ALBERTO CARVALHO DA SILVA
Subtenente BM LUIZ AUGUSTO DA CRUZ CORREA
Subtenente BM ALEXANDRE CARLOS MONTEIRO COSTA
Subtenente BM LUIZ CLÁUDIO ARRAES DO AMARAL
Subtenente BM ELENILDO HENRIQUES DA FONSECA
Subtenente BM RAIMUNDO NONATO MARTINS LIMA
Subtenente BM EDINALDO BARROS MARTINS
Subtenente BM ANTONIO JAIME BARBOSA COSTA
Subtenente BM PAULO MARCELO DA FONSECA DIAS
Subtenente BM CARLOS BENEDITO DE LIMA PEREIRA


Publicado por:

9 Comentários em 18 militares no Pará perdem patente de oficial

  • Caro Costa, antes de mais nada nos respeite. Eu faço parte dos 18 injustiçados sim, tenho curriculi no CBM, nao sou so mais um Bombeiro no Pará, fiz meu nome na Corporacao trabalhando duro, minha aprovaçao no concurso nao foi política muito menos a assinatura do Diário Oficial q nos promoveu, qualquet governador o teria q fazer. Nenhum de nós éramos ou somos filiados a qualquer partido politico. A propósito estudei novamente e passei novamente no concurso e hoje sou Tenente mais uma vez, sabe pq? Pq nao espero q politico me de nada. Corro atrás de meus objetivos. Qto a vc acho melhor ir estudar um pouco mais pq nem escrever vc sabe.rsrs

  • Meu caro Costa,
    Da maneira como se refere aos 18 BM injustiçados, demonstra grande inveja. De repente um bom julgador por si se julga, porém no caso dos 18, se fores avaliar um a um, não existe entrada pela janela e muito menos fazem parte de algum lixo. Preste bem atenção, quando apontas um dedo para o seu semelhante, existe quatro apontando em sua direção.
    Detalhe meu amigo, lixo se escreve com X.

  • Esses caras querem entrar pela janela. Tá certo o governador, tem que limpar o licho deixado pela gestão passada.

    1. Caro Costa, antes de mais nada nos respeite. Eu faço parte dos 18 injustiçados sim, tenho curriculi no CBM, nao sou so mais um Bombeiro no Pará, fiz meu nome na Corporacao trabalhando duro, minha aprovaçao no concurso nao foi política muito menos a assinatura do Diário Oficial q nos promoveu, qualquet governador o teria q fazer. Nenhum de nós éramos ou somos filiados a qualquer partido politico. A propósito estudei novamente e passei novamente no concurso e hoje sou Tenente mais uma vez, sabe pq? Pq nao espero q politico me de nada. Corro atrás de meus objetivos. Qto a vc acho melhor ir estudar um pouco mais pq nem escrever vc sabe.rsrs

  • Acho tudo isso um grande absurdo que estão fazendo com esses pais de família que já dedicaram suas vidas a mais de 20 anos de serviços prestados a essa Corporação que agora “simplesmente” todos viram as costas,como se o problema não fosse da corporação.acompanho o caso e sei que houve sim concurso e o edital foi omisso na data de validade do certame,vejam os curriculos dos 18 oficiais e vejam o grao de competência de cada um deles,e outra coisa,porquê os deixaram realizarem o curso por quase um ano,formaram e ainda exerceram suas funções de oficiais bombeiros durante 01 ano e seis meses,e o pior de tudo ainda tiveram q devolver tudo que trabalharam durante esse tempo. QUE PAÍS É ESSE,QUE ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO É ESSE E QUE CORPORAÇÃO É ESSA. Aqui deixo minha indignação………

  • Publica também que a justiça já determinou a repromoção dos 18 oficiais bombeiros e a PGE está segurando a decisão (descumprimento de decisão).

    1. Caro Gerson, a PGE não está segurando a decisão, acontece que os mesmos continuam despromovido, por decisão judicial, inclusive já foi julgado em 1º grau, recorrido em 2º grau e mantido a decisão, em minha opinião ocorreu sim vícios no processo, que beneficiou os 18 e prejudicou mais de 300 bm, o que tem que se fazer são processos lícitos e cumprir o edital, para que amigos nossos como foi o caso dos 18 serem prejudicado, os memos devem processar o estado por danos morais e por sua vez o estado deve regressar essa ação as autoridades que permitiram tal afronta ao direito.

      1. Caro BM queria muito concordar com vc, mas infelizmente não dá. Um processo com inumeros vícios dificilmente prospera. Se vc é jurista sabe do que estou falando. Boa sorte em seu posicionamento, mas vai perder. Pois existem fontes da própria corporação que que informaram nos 04 cantos do estado que o cmt está emperrando a promoção dos 18.

  • É muito fácil comentar desa forma. Essa decisão foi suspensa em agravo de instrumento e esse MS está sendo anulado pelo MP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *