Márcio Meira Márcio Meira é pesquisador do Museu Emílio Goeldi, de Belém

O paraense de Belém Márcio Meira não é mais presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), cargo que ocupava desde o governo Lula.

Para o lugar dele, Dilma Rousseff nomeou Marta Amaral Azevedo.

Ato contínuo, nomeou também Márcio Meira assessor especial do ministro de Educação, Aloisio Mercadante.

Marta Amaral é demógrafa e professora da Unicamp. Chega ao cargo de número 1 da Funai por indicação do ministro da Justiça, Eduardo Cardozo.

Márcio Meira foi quem pediu para sair, após mandato de cinco anos – o mais longo da história do órgão indigenista.

Leia também:
ICMS do comércio eletrônico vai beneficiar Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *