Foto: Portal de Óbidos

O cantor e compositor Eduardo Dias (foto) não é mais secretário de Cultura de Óbidos, terra onde nasceu.

Ele entregou o cargo ontem (27) de manhã ao prefeito Jaime Silva.

– Eu cansei – justificou há pouco ao blog o artista, que assumiu a pasta há 2 anos.

– O artista voltará para a viola. O verso reinará outra vez na minha voz – disse Eduardo ao deixar o cargo.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

13 Comentários em: Cantor pede exoneração do cargo

  • Não é o primeiro a desistir deste tipo de cargo na região: o cantor e compositor Nato Aguiar também fez isso há alguns anos, na Secretaria Municipal de Cultura de Itaituba.

    Pergunta que não quer calar: será que o grande cantor e compositor paraense Nilson Chaves, hoje na Fundação Cultural Tancredo Neves, em Belém, resistirá à burocracia do cargo mais que seus companheiros de música?

    Poesia não rima com burocracia…

    • Claro que sim, Jota

      Nilson Chaves é um habitue dos governos tucanos. Já chegou a integrar até comissões de Licitações.
      É um daqueles “artistas” que sabe se dar bem nos antros governamentais.

      Tiberio Alloggio

      • Professor Tiberio Alloggio,Jota Ninos tem razão numa parte,mas,na outra não!Exemplos,no ministério da cultura o problema não foram as burocracias do governo Lula,foi o Gilberto Gil que não quis rimar.Nato Aguiar em Itaitiuba,sabia quem nem burocracia e nem rima haviam só dinheiro fora ou dentro das jogadas!!!A situação do Eduardo Dias é outra estória que só estando em Óbidos é possível fazer uma leitura exata, é muito tribal a coisa!!!O certo é que um artista nas mãos de um político é igual a um rato tetraplégico,cego,surdo e mudo na boca de uma cobra!!!

  • É mais fácil ser “cantador” que “contador” de migalhas, que é normalmente a parte destinada à cultura, aqui e alhures !!!!!

  • Ai, que “bofe escandalo”, com esse eu casaria de veu, grinalda e cocar…..

  • Deixa eu ver se entendi

    Como o poeta, cantor e compositor Nilson Chaves faz parte de um governo tucano, portanto contra-revoluciuonário. Tiberio queimará a obra de Nilson da sua discoteca pois lá so poderá ficar os poetas, músicos e poetas que apoiaram o PT.
    Ah! o governo de onde o Curumú pediu pra sair é digamos neo-petista pois o vice é do PT e o prefeito Jaime defendeu Ana até 47 minutos do segundo tempo e recurso que é bom da tia Ana, necas.

  • Parabenizo o cantor por tal feito. Aguentar 2 anos a arrogância, prepotência e ignorância do prefeito repugnante, é sem dúvida alguma um ato heroico.

  • Era de se esperar , pois coneço Edurdo muito bem , e aguentar a arrogancia de Jaime !!!!!!!.

    Pois Eduaro é uma pessoa intelectual e o JAIME de intelecto não tem nada .

    Eduardo você tem todo o meu apoio , quando me disse que ias para Óbidos assumir essa tal secretária , me perguntei , que loucura eduardo fez , mas ao mesmo tempo queiz fazer algo por nossa òbidos , mas com esse tipo de administração só leva a cidade a um BURACO BEM GRANDE , que já esta

  • Gostei da frase do Jota Ninos “poesia não rima com burocracia”. A velha política de administrar este imenso país de raízes burocraticas, precisa ceder lugar a um novo paradigma de gestão pública, com base na leveza poética das idéias brilhantes. Não podemos mais conviver com a velha forma da administração que descarta alternativas brilhantes, para deixar prevalecer desejos insensatos dos velhos caudilhos.

  • Parabens pela decisão amigo Eduardo, pois trabalhar no governo desse tal de Jaime é o mesmo que cavar a propria sepultura.

  • Ainda se passarão mil anos até que um político entenda o verdadeiro papel de um artista e/ou da arte no meio social!!!Arte,cultura para esses que se dizem políticos,não é nada mais nada menos do que entretenimento!!!Sensibilidade está longe, muito longe do entendimento dessa gente!!!!Beócios, seria o termo mais apropriado para os políticos professor????

  • Esse prefeito está acabando com Óbidos! Seria ótimo se o secretário de educação também pedisse exoneração, pois a situação dos professores é caótica: baixos salários, perseguição política, além do tratamento que recebem da arrogância do prefeito e do secretário.

  • Realmente o ex secretário Eduardo Dias foi um herói, conseguiu sobreviver muito tempo a ditadura deste filhote do regime. Ele acredita que ser líder é comandar a chicotadas, o respeito que todos tem por ele vem do medo que ele provoca e não por sua capacidade administrativa, mas isto é claro, está ai para todos veêm, um fracassso administrativo. há, até uma de suas adpetas pediu para sair do barco junto com o secretário, e ela que defendia o prefeito como se fosse um Deus. Nem a necessidade, obrigou está funcionária a continuar no cargo. Será que ele terminará sozinho ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *